Adoreis.net

Title

Adoreis.net é um site que tem como OBJETIVO: ANÚNCIAR A PALAVRA DE DEUS através de arquivos de audio e/ou video, como também artigos e notícias.

Adoreis.net não defende Denominção: "Placa de igreja"; mas te convida a pertencer ao Corpo de Cristo que não esta limitado a uma única denominação, mas sim a obediência à Palavra de Deus.

Adoreis.net é um site totalmente gratuito.

Adoreis.net tem o prazer em receber seus e-mails: com dúvidas, pedidos de oração, testemunhos, sugestões, informando-nos mais igrejas e pregadores ( ou atraves da página contatos).

Descrição

"Jesus respondeu: 'Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus" Mateus 4:4

"Estão chegando os dias", declara o Senhor, o Soberano, "em que enviarei fome a toda esta terra; não fome de comida nem sede de água, mas fome e sede de ouvir as palavras do Senhor". Amós 8:11


Cremos em:

Bíblia

A Bíblia não é apenas o livro mais traduzido e mais vendido em todo o mundo. A Bíblia é a Palavra de Deus, isto é, a forma pela qual Deus comunica com o Homem. Lemos que "toda a Escritura Divinamente Inspirada, é proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, e para instruir em justiça, para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra" (2ª de S.Paulo a Timóteo, cap.3, vers.16,17). Isto, "porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo" (2ª de S.Pedro, 3:21). "Porque a Palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração. E não há criatura alguma encoberta diante de Deus, antes todas as coisas estão nuas e patentes aos Olhos d'Aquele com Quem temos que tratar" (Epístola aos Hebreus 4:12,13).

Trindade

Doutrina segundo a qual a Divindade, embora uma em sua essência, subsiste eternamente nas pessoas do Pai, do Filho e do Espírito Santo. As três Pessoas são iguais na substância e nos atributos absolutos e morais. Apesar de o termo não se encontrar nas Sagradas Escrituras, as evidencias que atestam a doutrina são, tanto no Antigo quanto no Novo Testamento, incontestáveis.Esta doutrina não é um mero exercício intelectual; é uma verdade consoladora: ensina-nos diversas coisas vitais para a nossa vida cristã. Em primeiro lugar, com a ascensão de Nosso Senhor, não fomos deixados órfãos. Ele rogou ao Pai que, amorosa e prontamente, enviou-nos o Consolador. E este, com inexprimíveis gemidos, intercede por nós e testifica que somos filhos de Deus através dos méritos de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Deus

È o Ser Supremo, absoluto e infinito por excelência: criador dos céus, terra e tudo que neles há (Gn 1.1); eterno imutável (Is 26.4); onipotente, onisciente e onipresente (Jó 42.2; Sl 139). Deus é espírito (Jo 4.24). Ser incriado, é a razão primeira de tudo quanto existe.

Filho

A fonte suprema da autoridade cristã é o Senhor Jesus Cristo. Sua soberania emana da eterna divindade e poder – Como o unigênito filho de Deus Supremo – de Sua redenção e ressurreição vitoriosa. Sua autoridade é a expressão de amor justo, sabedoria infinita e santidade divina, e se aplica à totalidade da vida. Dela procede à integridade do propósito cristão, o poder da dedicação cristã, a motivação de lealdade cristã. Ela exige a obediência aos mandamentos de Cristo, dedicação ao Seu serviço, fidelidade ao Seu reino e a máxima devoção à Sua Pessoa, como o Senhor vivo. A suprema fonte de autoridade é o Senhor Jesus Cristo, e toda a esfera da vida esta sujeita a Sua soberania.

Espírito Santo

O Espírito Santo é a presença ativa de Deus no mundo e, particularmente, na experiência humana. É Deus revelando Sua pessoa e vontade ao homem. O Espírito, portanto é a voz da autoridade divina. É o Espírito de Cristo, e Sua autoridade é a vontade de Cristo. Visto que as Escrituras são o produto de homens que, inspirados pelo Espírito, falaram por Deus, a verdade da Bíblia expressa a vontade do Espírito, compreendida pela iluminação do Mesmo. Ele convence os homens do pecado, da justiça e do juízo, tornando, assim, efetiva a salvação individual, através da obra salvadora de Cristo. Ele habita no coração do crente, como advogado perante Deus e intérprete para o homem. Ele atrai o fiel para a fé e a obediência e, assim, produz na sua vida os frutos da santidade e do amor. Espírito procura alcançar vontade e propósito divinos entre os homens. Ele dá aos cristãos poder e autoridade para o trabalho do reino e santifica e preserva os redimidos, para o louvor de Cristo; exige uma submissão livre e dinâmica à autoridade de Cristo, e uma obediência criativa e fiel à palavra de Deus. O Espírito Santo é o próprio Deus revelando Sua pessoa e vontade aos homens. Ele, portanto interpreta e confirma a voz da autoridade divina.

Quando falamos em fé, estamos nos referindo ao ponto decisivo para uma deleitosa vida cristã, pois está escrito que "sem fé é impossível agradar a Deus" (Hebreus 11.6). Existem, portanto, dois tipos de fé: a natural e a sobrenatural. Vivemos movidos pela certeza de que aquilo que fazemos nos trará resultados positivos, e a isto chamamos de fé natural. A sobrenaturalidade é o estágio avançado da fé natural. Ela se processa e se desenvolve no mundo espiritual, desprezando as leis do mundo físico, como vimos acontecer com a fé natural, tornando-se assim incapaz de ser explicada por meio da razão. A fé sobrenatural, quando alimentada pela Palavra de Deus e direcionada para o bem, assume um caráter positivo. No entanto, se movida por maus desígnios, esta mesma fé assumirá um caráter negativo, contribuindo com o reino das trevas.

Igreja

Igreja é um edifício construído com blocos e cimento? Não. É um edifício construído com pedras vivas. "Também vós mesmos, como pedras que vivem, sois edificados casa espiritual para serdes sacerdócio santo, a fim de oferecerdes sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por intermédio de Jesus Cristo" (1 Pedro 2:5). Estas pedras vivas são chamadas santos e são membros da família de Deus: "Assim, já não sois estrangeiros e peregrinos, mas concidadãos dos santos, e sois família de Deus, edificados sobre o fundamento dos apóstolos e profetas, sendo ele mesmo, Cristo Jesus, a pedra angular; na qual todo o edifício, bem ajustado, cresce para santuário dedicado ao Senhor, no qual também vós juntamente estais sendo edificados para habitação de Deus no Espírito" (Efésios 2:19-22). A palavra grega traduzida como "igreja" significa literalmente "chamado para fora, chamado", e assim se refere a um grupo de pessoas chamado para sair fora do pecado do mundo para servir ao Senhor. A igreja não é nenhum tipo de instituição ou objeto impessoal. É um corpo constituído de componentes vivos. Como um organismo vivo, a igreja pode sentir medo (Atos 5:11), pode orar (Atos 12:5) e pode falar (Mateus 18:17). Pessoas que são chamadas para saírem do pecado não continuam participando do mal do mundo, porque elas estão santificadas ou separadas do pecado (estude João 17:14-23; Colossenses 1:13; 1 Pedro 2:9; 1 João 4:5-6). Deus chama o povo para deixar o mal deste mundo através da mensagem do evangelho (2 Tessalonicenses 2:13-14). Aqueles que são convertidos verdadeiramente a Cristo são chamados santos (1 Coríntios 1:2; Colossenses 1:1-2).Entender o conceito bíblico de igreja como um corpo de pessoas chamadas para fora do pecado, para serem santos, ajuda-nos a apreciar a riqueza da descrição de Paulo, da "Igreja de Deus, a qual ele comprou com o seu próprio sangue" (Atos 20:28). Jesus não morreu para comprar terra e edifícios, nem para estabelecer alguma instituição. Ele morreu para comprar as almas dos homens e mulheres que estavam mortos no pecado mas que agora têm salvação e esperança de vida eterna (Romanos 5:8; 1 Coríntios 6:19-20).

Nascer de Novo

A Bíblia nos fala porque devemos nascer de novo, veja o que diz Paulo: "Ele vos vivificou, estando vós mortos nos vossos delitos e pecados, nos quais outrora andastes, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que agora opera nos filhos de desobediência entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como também os demais. Mas Deus, sendo rico em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou, estando nós ainda mortos em nossos delitos, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos), e nos ressuscitou juntamente com ele, e com ele nos fez sentar nas regiões celestes em Cristo Jesus" (Efésios 2:1-6). O texto é totalmente esclarecedor, pois a Palavra de Deus nós deixa claro por que devemos nascer de novo, e o motivo é por que estávamos mortos em nossos delitos e pecados. O nascer de novo é de ordem espiritual (Romanos 6:4) para se viver uma outra vida longe do pecado, pois quem está em pecado está morto para Deus. Não precisamos reencarnar para pagar pecados, Jesus Cristo já levou na Cruz, sobre si, todas as nossas transgressões (Isaías 53). O cristianismo é uma mudança não só de atitude, mas primeiramente de motivação.

Batismo

O batismo, através do qual morremos e renascemos em Cristo, é oferta generosa da aceitação de Deus. A água aponta para essa dupla realidade do batismo: água mata, afoga, destrói e também lava, refresca e dá vida. O batismo está revestido de sentido e de realidade espiritual.

O batismo com o Espírito Santo e um revestimento de poder, para fazer a obra de Deus a fim de servir a Deus e aos irmãos. Falando no Espírito Santo não podemos deixar de falar que temos que permitir o fluir dos frutos do Espírito que são: Amor - Gozo, Alegria – Paz – Paciência, Longanimidade – Benevolência, Benignidade, Amabilidade, Delicadeza – Bondade – Fé, Fidelidade, Verdade – Mansidão, Brandura – Domínio Próprio, Temperança.

Comunhão

Existem situações nas quais embora estejamos "bem" com Deus, precisamos buscar a excelência com o Pai, por meio da comunhão com os irmãos. Pessoas cometem atos ou dizem coisas que ofendem ao outro; principalmente aqueles que dizem Sou muito franco... Existe uma grande diferença entre ser alguém verdadeiro e uma pessoa sem educação. Por isso devemos ponderar as palavras e as atitudes, para que futuramente não venhamos a ter de pedir perdão por uma coisa que para nós foi muito pequena.

A Bíblia Fala: "Como podes amar a Deus que não vês, se não és capaz de amar o próximo que vês?" (1ª Jo 4, 17-18); "Quem diz que ama a Deus e não ama o seu irmão é mentiroso" (1ª Jo 4, 19-21); "Passamos da morte à vida, quando amamos os irmãos"(1ª Jo 3, 14); "Quem ama o irmão permanece na luz" (1ª Jo 2, 8-11)

Por isso antes de nos acharmos plenos em relacionamento com Deus, é bom pesarmos as mais diversas situações e críticas que já fizemos. Se encontrarmos algo errado no meio delas, isso precisa ser concertado. Concerte, isso não é vergonhoso; a única pessoa que sai envergonhada nessa situação toda é Satanás e ele merece isso! Seja santo e tenha a PLENA COMUNHÃO com Deus.

Languages

Português

Informações Adicionais

Contatos:

Redator Responsável: Mizael M Sales, Fortaleza Brasil Programador e Patrocinador: Vesa Nippala / Web Monkey, Tampere Finland Redator: Voce?

External Links



Retrieved from "http://aboutus.com/index.php?title=Adoreis.net&oldid=10355783"